Assine Nosso Feed!

Receba Nossas Atualizações em Seu E-mail:

  • Receba Todos os Nossos Artigos Automaticamente em Seu E-mail
  • Tenha a Exclusividade de Receber Boletins do Nosso Blog
  • Inscrever-se no feed do Nosso Blog é Fácil, Rápido e Seguro
  • Ajude a fazer Nosso Blog Crescer!!!
  • Assine nosso feed gratis




    13 de fev de 2011

    Uma opção para quem quer jogar jogos de guitarra no PC

    Agente aqui do Temos Rock separamos uma lista para quem quer jogar jogos de guitarra no PC. Muitos tem o Guitar Hero 3, mas outros, não tem dinheiro, ou um PC bom para jogar, por isso decidimos fazer a lista:

    Frets On Fire.

    Tamanho: 32,20 MB
    Sistema: Windows XP/98/2000
    Empresa: Frets On Fire Team



    No final de 2005 foi lançado Guitar Hero, jogo de sucesso para Playstation 2, no qual o jogador — munido de uma guitarra especial que acompanhava o jogo — destrói em incríveis solos das mais famosas músicas da história do rock.
    Hoje o jogo está em sua sexta versão e o sucesso só cresce: há varios games ligados à série, como Band Hero, Guitar hero Metalica, Van Hallen, Aerosmith, Anos 80 e Smash Hits. E se você quer jogá-lo no PC, não há problema. Muito pelo contrário.
    Aproveitando o novo nicho de mercado que o jogo abriu, foi desenvolvido Frets On Fire, seguindo o mesmo estilo de Guitar Hero com duas grandes vantagens: gratuito e em português! Frets On Fire oferece três músicas diferentes e cada uma delas conta com três modos de dificuldade que são definidos pela velocidade da música.
    Escolha a música.
    Em português!
    O jogo oferece português do Brasil como um dos idiomas. Para escolhê-lo, no menu inicial do jogo siga o caminho Settings > Game Settings e, nesta tela, selecione a opção "Language" pressionando a seta direcional para a esquerda uma vez. Aparecerá "Brazillian Portuguese". Agora vá até a última opção e pressione Enter. Seu jogo já está totalmente em português!


    Como jogar
    O sistema de jogo é muito simples. As teclas de F1 a F5 fazem referência, respectivamente, às casas verde, vermelho, amarelo, azul e rosa. Não há problema em mantê-las pressionadas antes do momento correto, o que determina a hora de tocar é a tecla Enter.
    Faça  seu teclado pegar fogo!
    Mais músicas!
    Se você acha que apenas três músicas é muito pouco, não se preocupe! Basta conseguir algumas instrumentais e transformá-las em arquivos no formato OGG. Para transformar qualquer arquivo de áudio para o formato OGG, você pode baixar o editor Audacity, aqui no Baixaki.
    Depois, abra o jogo e vá em Editor de Músicas > Inserir Nova Música a fim de encontrar a pasta onde você salvou o arquivo OGG. Pronto! Basta selecionar o arquivo desejado e começar a jogar.

    Editando músicas
    Além disso, é possível editar as canções que já estão no jogo, transformando todas através de um editor muito simples. Navegue na trilha do editor com as setas direcionais e pressione Enter no ponto desejado para um novo acorde. Ao manter o Enter pressionado e mover a seta direcional para a direita, prolonga-se a nota.

    DOWNLOAD






    Guitar Rage


    Tamanho: 46,38 MB
    Sistema: Windows XP/Vista/7
    Empresa: O Dig Games




    Depois do sucesso dos games Guitar Hero e Rock Band e das suas versões modificadas para computador, tais como Frets on Fire e Guitar Zero, agora chegou a vez dos brasileiros dominarem os palcos com Guitar Rage, um remake em português para você se divertir ao som dos maiores clássicos da história do rock!


    Como adicionar novas músicas
    Jogar Guitar Rage exige músicas – óbvio. Caso você entre no local onde ele foi instalado, no entanto, perceberá que a pasta “Músicas” está vazia, ou seja, não há nada que você possa jogar! Para adicionar músicas nesta pasta, basta baixar os pacotes oferecidos no site do desenvolvedor, ou então, usar um programa de edição de notas para criar suas próprias músicas.
    Em ambos os casos, dentro da pasta “Músicas”, crie uma nova pasta para organizá-las por categorias. Então, acesse-as e crie uma pasta para cada música que adicionar (exceto se você baixá-las pelo desenvolvedor, nesse caso basta criar a categoria e descompactar as pastas dentro dela). Contudo, não perca seu tempo se o seu Windows não for o XP: Guitar Rage não emite os sons nas versões posteriores.
    Dentro da pasta de uma música é necessário haver pelo menos três arquivos, com os respectivos nomes: “song.mp3”, “song.ini” e “song.dat” (ou song.sng). O primeiro contém a música em si; o segundo, informações sobre o artista; e o terceiro, as notas a serem tocadas. Arquivos adicionais servem para filtrar os instrumentos, adicionando-os às opções de jogo.
    Sem esses arquivos, somente a guitarra da música fica disponível. Para adicionar o baixo da música, basta colocar o arquivo “bass.dat” ou “bass.sng” na pasta. Já para a bateria, o arquivo se chama “drum.dat” ou “drum.sng” – essa extensão varia de acordo com o programa de edição usado para criar as notas.


    Na guitarra ou na bateria
    Todas as versões anteriores do game se baseavam em Guitar Hero para a interface. Contudo, agora para a Beta 2.4 foram utilizados elementos de Rock Band, outro jogo do gênero, também muito famoso, o que deixa tudo ainda mais bonito!
    Mas a novidade não para por aí, pois os instrumentos adicionais (baixo e bateria) também estão disponíveis para que você tenha o dobro da diversão!
    Apenas aquecendo
    Para os novatos de plantão — que não querem passar vergonha ao tocarem suas músicas prediletas pelo teclado — há o modo de treino. Ele funciona exatamente como o normal, em que é possível selecionar as dificuldades e instrumentos, mas não o penaliza pelas suas falhas.
    Dessa forma você pode errar à vontade antes de ir para a pancadaria de verdade e aperfeiçoar seus melhores licks de guitarra ou viradas na bateria.

    Músicas para todos os gostos
    O pacote de instalação traz três músicas. Na opção “Rock Band” estão "Welcome Home" (de Coheed e Cambria) e "Tom Sawyer", um dos maiores sucessos da banda Rush. Ambas podem ser tocadas em três versões de instrumentos.
    Já a guia Guitar Hero conta com "Paranoid", talvez a música mais famosa de Black Sabbath, para entretê-lo. Infelizmente só está disponível a faixa para guitarra.
    Mas a boa notícia é que Guitar Rage conta com seu próprio conversor de músicas. Você pode importar canções feitas para outros aplicativos, como o Frets on fire (arquivos FOF) ou o Guitar Zero, diretamente. Para isso, selecione o miniprograma “Conversor” na pasta principal e navegue até o arquivo a ser transformado.

    Facilitando sua vida
    Tradicionalmente você deve pressionar os botões correspondentes às cordas e outro para palhetá-las. Contudo, pensando nas pessoas que jogam pelos teclados, o desenvolvedor inseriu uma opção que requer apenas que você aperte os botões no momento certo.
    Assim, Guitar Rage funciona exatamente como Guitar Hero jogado em um controle normal. Fica muito mais fácil e você ainda não corre o risco de ouvir se computador apitar por não reconhecer diversas teclas simultaneamente.
    Configurações adicionais
    Se algo nas configurações-padrão não lhe agradar, selecione “Configurador” na pasta descompactada. Por esta tela é possível reconfigurar os botões de bateria e guitarra, adicionar comandos para o controle de sua preferência (USB) e até mesmo desativar as animações do game, algo que pode resultar no ganho de desempenho.

    D-Pad Hero

    Tamanho: 38 KB
    Sistema: Windows XP
    Empresa: www.dpadhero.com

    "Já pensou se o Guitar Hero existisse desde o NES? Pois com este jogo você poderá saber como seria!"


    Com certeza qualquer um conhecedor do “tamanho” da antiguidade do console NES achará no mínimo excêntrica a ideia dos criadores de D-Pad Hero. Quem poderia sequer um dia sonhar em jogar um Guitar Hero versão NES, principalmente na era em que os consoles de sétima geração tomam conta do mercado, sendo que potencialmente em pouco tempo já serão obsoletos? Pois mesmo não o tendo sonhado, aqui está: D-Pad Hero!

    Como seria de se esperar de um jogo feito para um console 8-bit, seus gráficos são extremamente grosseiros, simplórios e serrilhados (“pixelizados”). Tanto quanto os gráficos, as músicas de D-Pad Hero possuem uma qualidade digna de NES, além de estarem em um número muito baixo (somente quatro).

    Porém não se engane, mesmo D-Pad Hero sendo bastante simples a sua dificuldade absolutamente é insana! Isso porque para executar as “notas” mais simples faz-se necessário realizar uma combinação de comandos como “A + direita”. Além disso, não existe seleção de dificuldades: ela é única e acabou!

    Jogando
    Como jogar D-Pad Hero
    Para isso, primeiramente, você precisará baixar um emulador de NES como o Nestopia (indicado pelo desenvolvedor), ou então algum outro como o Nessie, o emulador utilizado em nossos testes. Feito isso, abra seu emulador e carregue o D-Pad Hero após tê-lo descompactado. Por fim, escolha qual música deseja jogar e pronto.



    Opinião do Temos Rock:


    "Nossa opinião, é que você baixe o "Guitar Rage", pois ele além de poder carregar suas próprias músicas e distribui-las na web, você pode jogar um pouco de Guitar Hero e um pouco de de Rock Band. Também tem o visual que mistura os dois jogos, e da para jogar na bateria ou guitarra."



    0 comentários:

    Compartilhe! \/
    Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More